Neste espaço pode-se escrever as experiências boas e ruins, é uma forma de passar para os outros nossas dificuldades ao trabalharmos em um país que as Leis e Decretos ficam apenas no papel. Quando criei este blog queria tão somente desabafar a frustração de ver tantos alunos aqui em Goiânia sem intérprete de libras, provocado pelo descaso do governo, mas depois percebi que poderia fazer mais, então comecei a postar textos de pessoas que nem conheço e gostei de ter lido. Achei que compartilhando esse material estaria ajundando outras pessoas em suas pesquisas, o que eu não pensei é que teria tanto acesso em tão pouco tempo, visto que meu blog foi criado em abril de 2011. Gostaria de agradecer a todos que têm acessado este blog, e espero ter ajudado e contribuido com alguma coisa. Se você tiver um texto que possa me enviar eu o postarei, assim estará me ajudando também.(regisneia@gmail.com)

Tradizir página

Adicionar aos Favoritos

Imprimir ou Salvar em PDF

Print Friendly and PDF

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Nossa Água


Imagem Google gota da água
Água é nossa fonte de vida, nenhuma pessoa no Planeta viveria sem água. Vivemos em país que possui grande abundância de água e muitos acreditam que ela nunca vai acabar, mas estão errados. 
Nosso Planeta conta com, aproximadamente, 1,386 bilhão de Km3 de água, sendo que a maior parte é constituída de água salgada: 97,5%. De água doce, temos apenas 2,5%, porém dois terços estão distribuídos em geleiras, neve, gelo e galerias subterrâneas congeladas. Lembrando que apenas um terço está disponível para o consumo humano. Nós encontramos água doce em rios, lagos, fontes, no solo, na umidade do ar, em áreas alagadas, e a maior parte está armazenada em aquíferos, que são reservas subterrâneas que contêm, mais de cem vezes, do total de todas as águas de superfície. É bem verdade que temos água em abundância, contudo e bom nos atermos que as populações estão aumentando e com isso a necessidade de água também cresce, pois dependemos da água para o plantio, para a criação de animais, para a indústria, para nossa higiene pessoal, para bebermos ou para a limpeza em geral. 
Imagem Google água dentro do copo no deserto
Um dos problemas é que o volume de água doce é fixa, não aumenta nem diminui, o que tem aumentado mais e mais é seu consumo, o desperdício, o mau uso e a poluição, isso sem contar que "água doce"  não significa, que seja "água potável". Água potável é aquela de boa qualidade, livre de contaminação, de produtos tóxicos, de resíduos ou dejetos de qualquer natureza, resumindo é a água que o homem pode beber.

Os mananciais estão sendo contaminados pelos esgotos e as indústrias devolvem à natureza águas poluídas por produtos tóxicos, sem contar com o uso irracional de água pela agricultura, o desmatamento desordenado vem provocando alterações significativas na quantidade e qualidade da água e do clima.  
Imagem Google Manancial

A água, é de grande importância, visto que é alvo de disputas e demandas em todo o Planta. Por isso temos que saber preservá-la, e fazermos bom uso dela de forma democrática.
A água pode ser encontrada em três formas diferentes, denominadas estados físicos: sólido, líquido e gasoso. O gelo que representa o estado sólido, constitui, aproximadamente 2% de seu volume podendo ser encontrado nas montanhas como os Andes (América do Sul), os Alpes (Europa), o Himalaia (Ásia) e, principalmente, nos polos Norte e Sul.
Imagem Google monte puncak jaya
A forma a qual estamos acostumados a água é em seu estado líquido, a nuvem é constituída de partículas de águas ou de cristais de gelo, resultado da condensação das partículas d'água na atmosfera, e a chuva é resultado da precipitação das partículas condensadas das nuvens, na forma de água ou gelo. A neve é a queda leve, moderada ou forte, de cristais de gelo, que viajam através das nuvens. E quando ela está em seu estado gasoso se apresenta em forma de vapor, é encontrada na atmosfera e em depósitos subterrâneos de regiões vulcânicas. A fumaça é o vapor que se desprende de
Imagem Google vulcão
matéria orgânica em combustão ou extremamente aquecida (entre elas, as queimadas); vapor exalado de líquidos quentes ou em ebulição. A água é encontrada em quase tudo que nos cerca: no ar, no solo, nas plantas nas rochas, nos animais, inclusive no homem que tem em torno de 70% no corpo humano.
Há regiões onde a seca impera, e a população sofre para ter acesso a água potável, seja de boa qualidade ou não. De quarenta anos para cá, a população mundial dobrou, superando o total impressionante de 6 bilhões e 800 milhões de habitantes, porém a água continua com o mesmo nível de volume. Os mananciais são cursos d'água que correm de forma permanente. A forma mais conhecida de consumo é a de uso doméstico, mas ela é usada também para irrigação, pecuária, represas ou hidrelétricas; poços e lagos são contaminados ou envenenados.
Imagem Google planeta mergulhando na água
 Entretanto, para podermos continuar a usufruir desses prazeres como: um banho refrescante, um bom suco, regar nossa horta ou dar banho em nosso cachorro teremos que rever o conceito de como utilizarmos a água, adotando atitudes de preservação contra o manejo inadequado ou os abusos que levem à degradação dos mananciais. A qualidade de nossas águas depende muito da proteção de nossas matas, campos e áreas úmidas. Devemos nos preocupar com a proteção de pântanos, alagados, brejos, veredas vazantes, que são áreas alagadiças. São elas, que filtrando as águas, retiram as impurezas, absorvem o lodo, e tal como esponja, regulam o fluxo das águas e tornam o ambientes mais fresco e agradável. A água é um bem fundamental e à sobrevivência de todos os seres vivos, terrestres e aquáticos. A preservação das águas, com boa qualidade, não é tarefa simples. Toda a bacia hidrográfica influi na qualidade das águas de um rio. Suas características são definidas pelo tipo de terreno, pela cobertura vegetal e pelo modo de uso do solo em percurso, isto é, pela forma como são ocupados os terrenos pelos aglomerados urbanos, pela agricultura, desmatamentos, queimadas, mineração, indústrias, extração de areia, ou seja, pelas ações ou omissões do ser humano, então depende de você. Preserve nossa água. 

Este texto foi resumido do original: Água Introdução ao Estudo da Água, Fundação Cesar Balocchi-Acqua Vitae: Kelps, 2011. Fiz algumas alterações e coloquei algumas imagens.




Nenhum comentário:

Postar um comentário